Espírito Crítico - Blog da KINGPIN BOOKS

quarta-feira, julho 12, 2006

Finalmente, a luz

ALL STAR SUPERMAN #4 chega finalmente esta semana!

Sim, já estava a desesperar. Eu e dezenas de outras pessoas viciadas nesta brilhante série de Grant Morrison e Frank Quitely. Mas os transportadores têm este vício terrível. Parecem adivinhar quanda determinada carga é particularmente relevante e fazem questão de a atrasar.

Mas enquanto aguardamos esta quarta edição, que tal deixar aqui desde já a capa da 6ª? Smallville, Krypto e a morte dos Kent. E o que mais? Talvez a quase perfeição da capa de Quitely e a forma como usa sombras e o mato para conferir uma sensação de tri-dimensionalidade espacial. Não é para quem quer. É para quem pode.

4 Comentários:

  • Grande capa do grande Quitely! Pode ser que seja esta dupla que me vai fazer ter algum interesse no Superman!

    By Blogger Raistlin, at quarta-feira, julho 12, 2006  

  • Permite me pela primeira vez fazer o impensável e dizer algo que certamente soará a sacrilégio: Acho esta capa do Quitely muito fraca em relação as restantes da série.

    Concordo com os pontos que referiste na utilização, bastante bem conseguida aliás, das sombras e do tamanho do mato para criar profundidade entre o leitor e o a cena. No entanto acho que estou mal habituado com a arte do Quitely de tão boa que é.

    No entanto esta capa sabe-me um pouco a ensonsa. Embora o Kripto esteja adorável (gud d0g!) e a posição do Superhomem irreprensivel acho que existe algo estranho neste, mais concretamente na parte do pescoço, também pode ser da imagem no computador, mas a mim parece-me que este quase que parte a coluna a apoiar assim a cabeça. Enfim parece-me um pouco estranha.

    Mas o que realmente me chateia nesta capa é o sentimento de "despacha" que transmite. É verdade que a historia é sobre a morte de Jonathan Kent, pai de Clark Kent, e portanto esta deve transmitir alguma melâncolia. Mas vindo de alguém que nos deu a capa do número 1 e as capas de American Virgin, apenas para citar exemplos mais recentes esta parece com falta de trabalho. Quitely é um mestre da perspectiva de certeza que ele saberia de ângulos mais adequados para esta situção do que certamente um simples enquadramento paralelo a personagem principal. Não que a capa não faça o seu papel, está muito bem executada, mas é um pouco sensaborona em comparação com outras do mesmo artista.

    Isto é claro é apenas a minha opinião e eu não sou mais que um leigo nestas andanças para tentar criticar um mestre como o Quitely. No entanto fica aqui fica expressa.

    CPedro

    By Blogger CPedro, at quinta-feira, julho 13, 2006  

  • Pois foi esta dupla que me fez comprar Superman.
    ainda me lembro em New X-Men q achava que o Morrison nao sabia para onde ia e o Quitely não sabia desenhar. GRANDE BESTA QUE EU SAÍ
    A capa está uma delicia... e se estivesse para o despacha - como disse o cpedro - a relava não daria a sensação de realidade.
    Abraços a todos

    By Anonymous Manuel Ataíde, at sexta-feira, julho 14, 2006  

  • Caro CPedro.

    Nunca posso dizer que uma capa com um carro bem desenhado é a pior capa.

    Eu tenho um fraco por ver carros bem desenhados nos comics americanos (coisa muiiiiiiiiiiito rara - ver Infinite Crisis) e ultimamente o mago Quitely anda muito automobilizado.

    By Anonymous Fernando Campos, at quinta-feira, julho 20, 2006  

Enviar um comentário

<< Home