Espírito Crítico - Blog da KINGPIN BOOKS

segunda-feira, junho 29, 2009

Fernando Guerra fotografa a Kingpin Books

O prestigiado fotógrafo Fernando Guerra, fotógrafo "oficial" de Álvaro Siza Vieira, deu-me a honra de fazer uma reportagem fotográfica aqui na loja, capturando toda a beleza estética e arquitectónica do projecto elaborado pela Arquitecta Inês Cortesão.

Aqui fica então uma selecção das fotos, onde se observa a estética do mobiliário quase em bruto, desprovida dos habituais acessórios de trabalho como PCs, impressoras, dossiers e afins, e ainda as paredes nuas, despidas das molduras com originais que habitualmente as preenchem:

Visitem também Últimas Reportagens para outros trabalhos fotográficos de Fernando Guerra, onde se destacam nomes grandes da arquitectura como Álvaro Siza ou Carrilho da Graça.

quarta-feira, junho 24, 2009

Tara McPherson regressa a Lisboa!

Falta menos de um mês para o regresso da ilustradora Tara McPherson a Lisboa, onde estará no dia 18 de Julho na Kingpin Books, em mais uma etapa da sua digressão europeia de promoção do seu novo artbook, "Lost Constellation - The Art of Tara McPherson vol.2".

A carismática artista americana estará presente na loja para uma sessão de autógrafos e troca de impressões com os seus fãs, muitos deles granjeados durante a anterior passagem de Tara por Portugal, em Outubro passado, por ocasião do último Festival da Amadora.

A presença de Tara McPherson na Kingpin Books será acompanhada por uma exposição de serigrafias da artista na loja , seleccionadas entre o seu trabalho em banda desenhada (nomeadamente Fables) e o design de múltiplos posters promocionais para bandas de renome como Depeche Mode, Duran Duran, Interpol, Beck, Kings of Leon, Melvins e outros.

A imagem que abre este post é o poster exclusivo da tour europeia de Tara, onde consta naturalmente a Kingpin Books, lado a lado com gigantes europeus das lojas de BD como a cadeia britânica Forbidden Planet, o que só pode encher-me de satisfação

Deixarei aqui em breve todos os detalhes sobre o evento, em particular o horário, assim como outras iniciativas paralelas a desenvolver durante a estadia de Tara McPherson em Lisboa. Fiquem atentos.

sexta-feira, junho 19, 2009

Inking The King

Arte-finalizar o Rei, Jack "The King" Kirby, é uma óptima forma de aquecer a mão, antes de me dedicar às páginas do "Mucha" (Mucha? Mas que raio é isso, perguntam vocês...). Tinta da china sobre fotocópia de uma fotocópia da página original a lápis, tal como publicada no excelente "Jack Kirby Collector". Estas três vinhetas pertencem a uma das muitas páginas do Thor de Kirby que nunca chegaram a ser publicadas, devido a correcções ou alterações solicitadas pelo guionista e editor de então da série, Stan Lee.

Um velho dito na indústria de comics da época resumia tudo: "Anyone can ink Kirby"; o que é verdade, desde que esse anyone tenha o mínimo de engenho, experiência e profissionalismo. O lápis de Kirby era incrivelmente poderoso e detalhado, pelo que a melhor opção é claramente não inventar e avançar para as linhas com o pincel bem carregado de tinta, para capturar toda a energia bruta do lendário criador. Quem tentar arte-finalizar Kirby com uma caneta técnica estilo Sakura 0.1, vai "borrar a pintura" completamente, matando a vida presente nas páginas de Jack Kirby.

Dito isto, fica a pergunta: como é possível então que tantas vezes ao longo da sua carreira, o lápis de Kirby tenha sido abastardado por verdadeiros "padeiros" que assassinavam em absoluto a sua arte? Por cada arte-finalista de excepção como Joe Simon, Joe Sinnott ou Mike Royer, surgiam dois ou três dos tais "padeiros", alguns deles ilustradores mais do que competentes, mas que pareciam não compreender de todo o que fazia da arte de Jack Kirby algo ímpar e inigualável. Chic Stone, Paul Reinman, George Roussos, Don Heck, D.Bruce Berry ou o "bipolar" Vince Colletta (capaz do melhor e do inenarrável) raramente prestavam a Kirby o serviço que ele merecia.

Eu sou um amador. E a deles, qual era a desculpa?

quarta-feira, junho 03, 2009

"A Fórmula da Felicidade" na FNAC

É já no próximo Sábado, dia 6 de Junho, que se inicia uma espécie de tournée da Fórmula da Felicidade pelas lojas FNAC de Lisboa e arredores.

Assim, o argumentista Nuno Duarte e o artista Osvaldo Medina estarão presentes nos seguintes dias nas lojas FNAC para uma breve apresentação e uma sessão de autógrafos:

FNAC Alfragide (Allegro Shopping): 6 de Junho, 16h
FNAC Vasco da Gama: 7 de Junho, 17h
FNAC Colombo: 11 de Junho, 18h30
FNAC Cascais: 21 de Junho, 17h
FNAC Almada Fórum: 28 de Junho, 16h30
Aguardamos confirmação da data para a loja do Chiado.

Detalhes sobre as sessões da primeira quinzena na agenda cultural online da FNAC .

Contamos com a vossa presença para uma animada sessão e dois ou três dedos de conversa. Obrigado e até lá.